Seja bem vindo(a)!!!

Seja bem vindo(a)!!!
Google
 

segunda-feira, 5 de abril de 2010

Coleção Brasília 50 anos: Tudo começou no cerrado!

É difícil resumir como teve início a elaboração da coleção a Coleção Brasília 50 anos. Certo mesmo é que tudo começou no cerrado. Afinal, foram tantas as idéias e histórias neste período... Durante a minha participação na Festa dos Estados, em novembro de 2009, a Roberta da Brasiliatur (eu estava no estande da Brasiliatur) me desafiou mais uma vez: “Que tal para os 50 anos você fazer algo inusitado, algo bem diferente, mas continuando na sua proposta de ser artesanal e ecológico?”.

Bom, lá fui eu mais uma vez num tal de pensa e repensa no que fazer. Aí, num lampejo de idéia: “Oba, já sei, a Carol!”. Fui fuçar na internet o que ela andava produzindo, afinal, não estava mais nos corredores da UFSC, nem em Floripa, para estar esbarrando com ela e conferindo as novidades.

Adorei o que ela anda produzindo. Então mandei um e-mail para ela perguntando se topava esta empreitada comigo. De pronto ela me respondeu que sim e, como eu já tinha programado passar um tempo em Santa Catarina, lá fui eu para Floripa e nos reunimos. Ah! Foi um tal de lançar idéias no ar. Reunião perfeita em 25 de janeiro. Céu lindo, dia de praia perfeito, e nós mirabolando idéias para esta nova coleção. Ficamos com tudo acertado. Ela começou a produziu os pingentes lá em Floripa e eu voltei para Brasília.

Lá em Floripa, a Carol começou a pesquisar possíveis temas relacionados com Brasília e escolheu a fauna e flora do cerrado, que de pronto aprovei e adorei. Definido o tema, ela começou a pesquisa de plantas, aves, suas cores e a relação disso tudo com a paisagem do planalto, seca, árida que, em algumas épocas do ano, contrasta com o infinito céu azul. O tema ficou dentro da natureza local e não fugindo do colorido típico da FofysFactory. Como me disse (imagina quantos e-mails trocamos neste período) a Carol: “Nas minhas pesquisas sobre o cerrado, primeiro eu fui atrás das paisagens: ora secas, ora floridas e verdes. Nas flores e plantas como barbatimão, bromélia roxa, pau-santo, sucupira, ipê amarelo, vitória-régia, tibouchina, pacari. Nas frutas deliciosas como a gabiroba, o araçá, o cajuzinho. Os pássaros como a gralha de topete, galo da campinha, tucano, beija-flor, pica-pau de banda branca, arapaçu-do-cerrado, pintassilgo, arara e coruja também foram alvo de inspiração”.

Com estas informações em mãos, sem ter idéia real da produção da Carol, eu comecei a produzir a matéria prima do cerrado (folhas e cascas), reciclagem de revistas e frivolité, com uma mistura de cores, para depois montar a coleção.

E agora, com a coleção pronta, começo a apresentar este trabalho para vocês. Uma coleção bem Brasília, afinal produzida com a inspiração vinda do cerrado e por mãos não candangas, coisa bem típica de um Distrito Federal multifacetado.

Assim como os candangos são todos uns diferentes dos outros, esta coleção, que é limitada a 50 peças (para não fugir da idade madura de Brasília), também possui singularidade única. Cada conjunto (colar e brincos) é diferente do outro e vem em uma embalagem ecologicamente correta feita de fibra de Tururi (manicaria sacifera, que é uma palmeira) produzida por comunidades do Pará.

Espero que todos gostem e curtam mais esta novidade, uma criação Yasaí Biojóias & Fofys Factory.

2 comentários:

Carol disse...

Ficou fofo demais esse texto :) Obrigada pela oportunidade.
adorei!
beijos!

Yasaí Biojóias by Adriane Adratt disse...

Também adorei trabalhar com você. Vamos fazer mais novidades juntas heim... Bjs...